Você acha que os grandes eventos esportivos em nosso país (Copa do Mundo e Olimpíadas) trarão benefícios aos brasileiros?

Reflexões sobre o documentário “Capitalismo: uma história de amor”

Olá pessoal ...

Já postei várias reportagens que demonstram o verdadeiro canibalismo econômico do atual sistema. A fim de corroborar com essas críticas expostas até hoje – via blog, estou sugerindo que assistam o documentário de Michael Moore intitulado “Capitalismo: uma história de amor”.
Nele, Michael Moore apresenta uma análise de como o capitalismo corrompeu os ideais de liberdade previstos na Constituição dos Estados Unidos, visando gerar lucros cada vez maiores para um grupo seleto da sociedade, enquanto que a maioria perde cada vez mais os seus direitos.
Este documentário pode ser uma ótima dica para o final de semana ...


CAPITALISMO: UMA HISTÓRIA DE AMOR

Título original: Capitalism: A Love Story.
Lançamento: 2009 (EUA).
Direção: Michael Moore.
Atores: Michael Moore, Thora Birch, William Black, Elijah Cummings.
Duração: 127 min.
Gênero: Documentário.
Sinopse: Michael Moore apresenta uma análise de como o capitalismo corrompeu os ideais de liberdade previstos na Constituição dos Estados Unidos, visando gerar lucros cada vez maiores para um grupo seleto da sociedade. Para isso, Moore alfineta os dois maiores partidos políticos por vender a milhares de pessoas devastadas pela perda de suas casas e empregos para os interesses dos gordos gatos capitalistas. Moore escavou uma sujeira impressionante, histórias contadas na cara dos confiscados e despejados, nos cupons de alimentação recebidos por pilotos famintos, e na coragem dos operários demitidos que se recusam a ficar quietos. Porém muito mais que um grito de desprezo, o filme de Moore oferece a possibilidade de esperança. Capitalismo: Uma História de Amor é o mais americano dos filmes, desde o cinema populista de Frank Capra (A Felicidade Não se Compra), um filme que consegue capitalizar sarcasticamente, e até brilhantemente, a revolta populista que está varrendo a Nação

TRAILER:


Boas reflexões!
Abraços.


Nenhum comentário:

Postar um comentário